O divertido livro de Gilles Legardinier

Amanhaeuparo_CapaWEBPor Lorena Moura

Fico feliz quando consigo ler um livro em apenas um dia, mas com a obra resenhada de hoje “ Amanhã eu paro!”, consegui bater meu próprio recorde, foram apenas quatro horas de leitura. Isso aconteceu durante um longo chá de cadeira que levei esperando uma consulta médica. E nesse período, gargalhei e torci muito para os personagens centrais dessa história.

A obra do autor Gilles Legardinier, é um sucesso e já vendeu 1,5 milhões de exemplares. O livro é leve, divertido, cheio de amor, encrencas e muitas confusões. A personagem principal Julie tem 28 anos, mora sozinha e já fez muitas coisas idiotas na vida(coisa que ela mesma diz). Sua  nova loucura é uma fixação absurda pelo seu novo vizinho que ela nem conhece. Tudo isso por causa do nome exótico dele: Ricardo Patatras. Afinal, quem teria um sobrenome Patatras? :)

E é aí que Julie começa a bolar mil situações para esbarrar em Ricardo. E claro, que as experiências são as mais loucas possíveis, como espionar a caixa de correios do vizinho, ficar um bom templo ‘plantada’ na escada, correr desesperadamente para o olho mágico da sua porta para tentar ver quem é o misterioso Ricardo Patatras e levar uma queda homérica. Até que um belo dia ela é surpreendida pelo próprio Ricardo enquanto fuçava a caixa de correios do rapaz. Uma situação bem cômica, porque a mão dela fica presa dentro da caixinha e é um verdadeiro Deus nos acuda, porque só com a ajuda de um mecânico é que Julie conseguirá tirar a sua mão de lá.

O que Julie não poderia imaginar é que o misterioso Ricardo, que atende pelo apelido Ric é lindo, charmoso e muito encantador. Mas ele também é reservado e não fala muito de si, o que acaba despertando uma curiosidade enorme em Julie que decide investigar a vida do seu novo paquera. E essa investigação vai render momentos divertidos, tensos e muito sensíveis.

A história me conquistou desde as primeira páginas. E isso se deve principalmente a simpatia da personagem principal. Ela é aquele tipo de pessoa que tenho vontade de ser amiga. Uma pessoa/personagem sincera, super gente boa, dona de um coração gigante. O livro é um Chic-lit, com muitas coisas surreais que fazem parte deste estilo, mas é tudo tão fofo e apaixonante que não consegui resisti. Gostei bastante e queria muito que novos livros do autor fossem publicados por aqui. Essa é uma leitura obrigatória para quem assim como eu é  apaixonada por essas histórias fofas. Boa leitura!

Lorena Moura- Jornalista

lorenamoura87@gmail.com 

Você também vai gostar:

Verdon e seu policial surpreendente
O namorado da Nora Roberts

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>