O amor de Carpinejar

iHndWS6Ob7KrBorHSf-mb5SsjqQ77MDM7gdb0p38VxA okSe tem uma coisa que eu amo, é receber bons livros. Daqueles que conquistam, não pela capa ou pelo resumo apresentado na contracapa, mas  sim pela doçura e leveza ao narrar uma história, um conto, um enredo, ou seja lá o que o escritor se propuser a fazer. E foi assim que me apaixonei pelo livro resenhado de hoje. Nunca tinha lido nada de  Fabrício Carpinejar, e fiquei encantada com minha primeira leitura, “Para onde vai o amor?”, é encantador.

Ao todo são 42 textos que falam sobre amor, saudade, separações, casamentos, alegria, amargura, raiva… e muito mais. São crônicas que nos fazem refletir sobre esses assuntos. O interessante é que ao ler alguns desses textos, fiquei com a sensação de que  foram escritos para mim. Acredito que ás vezes parece que o livro nos entende sabe…É como se ele se encaixasse perfeitamente com momento em que vivemos. Com a leitura pude aprender mais a aceitar os outros como eles são. Sem querer que eles se pareçam conosco ou tenham as atitudes que nós teríamos em determinados casos. Os textos são tão suaves e poéticos, mas também não deixam de lado o realismo do dia a dia do amor, das suas aceitações e discordâncias.

Gostei muito da forma como Carpinejar escreve. É uma leitura fácil e rápida.  Este livro é indicado para quem ama, para quem já amou e para quem ainda procura um amor. Afinal, é preciso amar a vida, as pessoas e seus romances. Porque amar e ser amado, é o ponto mais importante da nossa vida. Boa leitura!

Lorena Moura-Jornalista

lorenamoura87@gmail.com  

Você também vai gostar:

50 anos levando coelhadas
Os quadrinhos do Nate

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>