Mais do amor romântico

arqueiro_eu-voce-200x300Por Lorena Moura

Noto que muitos escritores vem replicando a fórmula mágica de se construir um romance que vai atrair milhares de leitores em todo o mundo. Nas obras eles reproduzem o encontro inesperado entre personagens, que em um futuro muito próximo irão se apaixonar perdidamente. São muitos os exemplos desses casos e isso vem dando certo porque as pessoas gostam de escutar e ler histórias bonitas sobre o amor e os milagres que ele costuma provocar nas pessoas flechadas pelo cupido.E é sobre isso que fala o livro resenhado de hoje “ Eu sem você”.

Callum Roberts é um homem na casa dos seus trinta e poucos anos que leva uma vida normal, ou seja, acorda, sai para trabalhar, volta para casa, uma vez ou outra se envolve com alguém e assim leva seus dias. Mas tudo começa a mudar quando ele conhece Lilah, a moça sem sapatos. O encontro acontece na balsa que Callum pega diariamente para ir e voltar do trabalho. Ele é publicitário e Lilah é uma jovem advogada das causas ambientais. Ela é dona do seu próprio nariz e não se deixa levar pelos costumes impostos pela sociedade. Lilah se permite viver como se não houvesse amanhã. Ela costuma enxergar a beleza onde muita gente não encontra.

No mesmo dia em que se encontram, um momento mágico se forma e eles vão ficar atraídos. Vão sair, jantar, beijar e se encantar um com outro. Mas como o bom leitor de romance já sabe, essa paixão vai passar por provações e pode não sobreviver a elas, afinal de contas nossa vida é imprevisível. Claro que não vou soltar spoilers, mas vocês já devem estar percebendo que algo triste pode acontecer né… O livro ajuda o leitor a fazer uma autoavaliação sobre o estilo de vida quem vem levando, sobre se está no caminho certo.

Eu gostei do livro! Adorei conhecer a história pelo olhar dos personagens. A maior parte é contada por Callum, mas a versão de Lilah também é apresentada. Por mais que eu tenha gostado da história e da maneira correta como ela foi construída, fiquei com a sensação de que ela pecou em alguns aspectos, como o fato de ser mais uma história onde já prevemos o final. Eu sei que a forma utilizada é diferente, mas na sua grande maioria o desfecho é sempre o mesmo e ao passo que ia lendo, já ia adivinhando como seria a última página. Mas isso não tirou a beleza da história de amor desses dois jovens e indico sim a leitura que vai servir para alegrar o seu dia e principalmente acreditar que o amor é um sentimento único que pode transformar vidas. Boa leitura!

Lorena Moura- Jornalista

lorenamoura87@gmail.com

Você também vai gostar:

O último da série de Jogos Vorazes
Copa do Mundo, Nelson Rodrigues e o amor pelo futebol

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>