Lady Whistledown contra-ataca

menorPor Lorena Moura

Quem aqui é fã de Romance de Época? Pois bem, esse gênero literário vem bombando e conquistando milhares de leitores. Vi muita gente que passou a ter esse estilo de leitura como um de seus favoritos. Eu gosto bastante, tanto que trago agora na Coluna Leitura do Dia, o livro  “Lady Whistledown contra-ataca”, que é uma doce e deliciosa leitura. 

O livro é fruto da união das autoras Julia Quinn, Karen Hawkins, Mia Ryan e Suzanne Enoch. Achou bagunçado? Não é. Tudo é amarrado pelo desaparecimento de uma pulseira,  o bracelete de Lady Neeley, e claro, pela personagem incrível criada por Julia Quinn, em Os Bridgertons, Lady Whistledown, a colunista social da época.

Como falei, são quatro contos curtos que compõem a obra. Em ” O primeiro beijo”, escrito por Julia Quinn, acompanhamos um jovem caçador de fortunas que ficou encantado pela debutante mais desejada da temporada. Ele precisará provar que o que deseja é o coração da jovem e não o dote dela. No segundo “A última tentação”, de Mia Ryan, uma criada está deslumbrada com as atenções românticas que tem recebido de um lindo conde. Mas um relacionamento entre eles seria escandaloso demais para a época e poderia arruinar a reputação dos dois. Em ” O melhor de dois mundos”, criado por Suzanne Enoch, uma jovem que passou a vida evitando escândalos de repente se vê secretamente cortejada pelo maior libertino de Londres. Imagina só, que loucura! E finalizando o livro, Karen Hawkins nos apresenta ” O único para mim”, onde um visconde que vaga sem destino volta para casa para reacender o fogo da paixão de seu casamento, mas descobre que sua linda e decidida esposa não será conquistada tão facilmente.

E depois de toda essa apresentação e de toda a torcida pelos personagens principais desses contos, o leitor não pode se esquecer de tentar solucionar o mistério pelo sumiço do bracelete. Terá sido o caça-dotes? O apostador? A criada? Ou o libertino? Um deles está envolvido no crime. E você já arrisca dizer quem é o culpado? Eu tive minhas dúvidas, mas consegui descobri quem era. Agora cabe a você leitor, tentar solucionar o mistério e se encantar com esses quatro contos de amor.  Eu gostei de todos, mas se fosse para eleger o melhor, particularmente fiquei mais encantada com o  de Julia Quinn.  E fiquei bastante surpresa também com a qualidade da obra, pois é difícil escrever a quatro mãos e ainda envolver um mistério que estará interligado em todos os contos. Os fãs de romance de época irão adorar essa obra. Boa leitura!

Lorena Moura- Jornalista
lorenamoura87@gmail.com

Você também vai gostar:

O melhor do gênero policial
O tipo de leitura que acalma o coração

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>