Esperança e fé se misturam na obra de Micheline Patrícia

capa_sitePor Lorena Moura

Fico tão feliz de ver que a cada dia novas pessoas estão tendo acesso aos livros e também pelo fato de que as editoras estão dando mais espaço para novos autores. O livro resenhado desta semana é uma prova disso. Escrito por uma novata no meio literário, a pernambucana Micheline Patrícia, lançou seu primeiro trabalho “Sobreviventes-a jornada continua”, e com a qualidade desta obra comprova que sempre vale a pena apostar em novidades.

O livro fala sobre fé, coragem, laços familiares, violência, depressão, suicídio, amor, ódio e justiça. Passado alguns anos do suicídio do pai, a personagem principal Clara desperta em um jardim, cheio de mistérios, e ao explorar o lugar ela terá encontros inesquecíveis que vão deixar a história ainda mais emocionante. A mensagem mais forte da obra para mim é a que Deus nunca nos abandona. Ele caminha lado a lado conosco, mesmo nas situações mais difíceis. O importante é ter fé e acreditar nela sempre. E é justamente essa esperança que autora consegue nos passar.

Durante esse passeio pelo jardim, a personagem principal vai descobrir que os mistérios que envolvem a vida e os seres humanos podem ser bem maiores do que imaginamos. Ao voltar do jardim, ela também irá retornar com muitas revelações sobre seu futuro e o de sua família. E é justamente nesta parte, que a história mais cresce. Porque a família de Clara será perseguida e muitas vezes ameaçada de morte. Micheline Patrícia conseguiu inserir um ritmo acelerado nas descrições das ações do livro. Ás vezes, até parece que é real. Acho que fiquei com essa ideia na cabeça, porque logo na abertura da obra, a autora nos fala que esse seu primeiro trabalho de ficção foi inspirado em uma história real.

Um dos pontos que também me chamou atenção é que em momento nenhum é falada a idade de Clara. E com isso fiquei livre para eu mesma escolher qual seria. E  com o avançar das páginas  passei  a olhar para esta personagem  como uma jovem na casa dos vinte  e poucos anos, que luta por justiça,  pela segurança da família,  mas que busca principalmente  encontrar em si mesma a paz e a esperança em Deus. Uma boa dica de leitura para renovar a sua fé e encontrar a força necessária para seguir em frente em busca dos seus objetivos. Boa leitura!  

Lorena Moura- Jornalista

lorenamoura87@gmail.com

Você também vai gostar:

50 anos levando coelhadas
Cupcakes, amor e muitas confusões

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>