Ensinamentos para o casal

75-habitos-dos-casais-felizessextante-213688500Por Lorena Moura

Ás vezes o que falta em um relacionamento é apenas aumentar o diálogo. Conversar sobre o dia, a rotina no trabalho, as coisas importantes e as mais simples. É aquela velha troca de palavras que consegue fazer com que ambos se entendam e conheçam. Porque qualquer relação só se constrói através da conversa, da troca de olhares e do respeito. Mas ás vezes a vida corrida que levamos faz com que não tenhamos tempo de parar por alguns instantes e dedicar mais tempo as pessoas que amamos. Triste, mas acontece. Muitos casais passam a se ver como estranhos. É como se o amor de antes tivesse se perdido em algum momento. O livro resenhado de hoje tenta ajudar essas pessoas, “75 hábitos dos casais felizes”, oferece dicas ricas para melhorar a situação.

O livro é narrado pelos psicoterapeutas Ashley e Daniel Bush, que apresentam hábitos que devem ser absorvidos pelos casais. Segundo eles, são ações  simples que podem contribuir  para a melhora da comunicação e fazer com que a vida seja mais leve e que tenha a harmonia em primeiro plano.

Alguns ensinamentos expostos na obra me chamaram a atenção como: forme novas conexões, pois segundo os especialistas ao experimentar coisas novas, o casal tende a quebrar a monotonia da relação e também se tornam mais cúmplices (bacana, né… o negócio é criar e não deixar a rotina tomar conta); Outra dica massa é que ao invés de se concentrar apenas nas atitudes irritantes do companheiro ou companheira é necessário se manter focado no que ele faz de bom por você( tem que ser menos egoísta e aprender a se colocar no lugar do outro também, gente); e o mais importante não guarde mágoas e ouça com atenção as reclamações do outro, não é necessário se defender, trata-se basicamente de compreender o que ele quer dizer. Eu achei incrível! Porque por mais que saibamos que muitas vezes agimos de maneira errada, sendo egoístas, temos que ouvir ou ler livros assim, que nos abram o olho e principalmente a mente. Porque é necessário evoluir sempre! Boa leitura para o casal!

Lorena Moura-Jornalista

lorenamoura87@gmail.com

Você também vai gostar:

O fantasioso mundo de Rani
Quando o Alzheimer chega sem ser convidado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>