Cinco passos para gerar leads qualificados em campanhas digitais

imagem_release_242796E o que adianta você receber uma planilha com 10.000 leads desqualificados, de usuários que não querem o seu produto ou serviço naquele momento?

* Eduardo Sani

No universo do marketing digital uma palavra que é sempre recorrente – e posta como fundamental para o sucesso de ações – é o lead. O termo nada mais é do que uma campanha de marketing digital, com o objetivo de captar cadastros de pessoas interessadas em um assunto ou serviço. Mas para que isso seja possível, é necessário um local para captar o lead, como um site ou landing page e uma campanha de mídia para levar os usuários até esse local, com o intuito de se cadastrem.

Embora esse processo pareça simples, muitas pessoas – e até empresas – ao tentarem gerar lead a qualquer custo erram em duas etapas: Na construção do site ou landing page – para a captação dos leads, complicando os cadastros ou deixando-os em partes do site que ficam escondidas. Na compra de mídia sem segmentação – o que resulta na atração de um target não interessado no serviço, ou seja, a pessoa que foi até o site não vai se cadastrar e o custo do lead será alto.

E o que adianta você receber uma planilha com 10.000 leads desqualificados, de usuários que não querem o seu produto ou serviço naquele momento?

Para que você consiga captar leads qualificados é necessário cumprir algumas etapas. Ter um bom local para receber os leads (site ou landing page) com cadastro simples, direto, e boa navegabilidade é a primeira. Depois, a campanha de mídia precisa ser segmentada para o target correto, de forma que atraia pessoas interessadas e com o perfil que a empresa necessita para atingir os objetivos da campanha digital.

Também é necessário o acompanhamento diário para entender qual canal de mídia está gerando mais leads e com o melhor custo. Uma dica importante: os leads devem ser respondidos em menos de 24 horas, pois assim, a taxa de conversão em vendas será maior. Observe, ainda, se os leads estão separados por canais e qualidade. Desta forma, será possível saber qual canal gera mais qualificação. E a otimização de investimento pode trazer mais leads qualificados.

Por fim, depois de seguir esses passos, outra regra de ouro a ser cumprida é sempre lembrar que uma campanha de marketing digital para gerar lead tem que ser acompanhada diariamente, pois é uma campanha de performance, em busca de reusltados.

* Eduardo Sani é consultor de Marketing Digital da Uselink (www.uselink.com.br)e desenvolvedor do programa de 14 semanas baseados no modelo europeu por performance. Foi responsável por trabalhos digitais do Grupo Pão de Açúcar, Cyrela e Fastshoes e teve passagens pelo Grupo TV1 e Inter.net.

Você também vai gostar:

Diásporas*
Na arte é preciso entender o presente para compreender o passado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>