Branco como a neve

branco como a neve Simukka, Salla.jpg okPor Lorena Moura

Lumikki está de volta! Para quem não sabe, ela é a personagem principal da trilogia criada pela autora  Salla Simukka. Depois de ter passado por muitas  situações de tensão na mão da máfia, (no primeiro livro da série), a personagem agora tenta se recuperar do pesadelo que viveu.

A recuperação tem início na charmosa cidade de Praga, capital da República Tcheca. Por lá, ela irá conhecer Zelenka, que afirma ser sua irmã. Mas se tem uma coisa que o leitor vai aprender nos livros de Salla Simukka é que não se deve confiar em ninguém. Mas Zelenka conta uma história tão envolvente, que Lumikki resolve ir conhecer parte da família de sua irmã. 

No lugar, não parece existir nenhum indício de que uma família resida lá… Não existem fotos e nem pertences comuns a uma casa que deveria abrigar lembranças de quem more nela… E para deixar a situação ainda mais tensa, um dos moradores da casa morre de forma misteriosa. Lumikki ainda terá que lidar com uma seita secreta aterrorizante.

O livro resenhado hoje, “Branco como a Neve”, é o segundo da série criada por Salla Simukka. O terceiro e último será “ Negro como  o Ébano”. Eu gostei bastante da obra. Tem todo aquele ar sombrio e tenso, misturado com terror e suspense. A capa linda já mostra um pouco do que espera o leitor, uma espécie de conto de fadas misturado com terror.

Adorei também conhecer Praga através da narrativa de Salla Simukka, ela nos faz passear por diversos lugares da cidade. Eu nunca estive lá, mas posso garantir que agora já sei de algumas particularidades desse lugar. Boa leitura!

 

Lorena Moura- Jornalista

lorenamoura87@gmail.com

Você também vai gostar:

Uma leitura feita para proporcionar diversão
O poder das gêmeas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>