Bate-Papo Parlatório

unnamed okFoi lançado este ano o livro “Mariposa- Asas que mudaram a direção do vento”, da autora Patrícia Baikal. O romance se passa em Brasília, no ano de 2020 e nos apresenta a história de um senador que denuncia crimes de corrupção. Mas o que ele não esperava era contar com a proteção e a ajuda de uma bela e sedutora mulher, a misteriosa Mariposa. Entre março e abril, esta obra ficou em primeiro lugar entre as mais vendidas no gênero Crime, Suspense e Mistério no site da Amazon. Um sucesso de vendas. E muito em breve, o livro ganhará uma resenha na Coluna Leitura do Dia, mas agora trazemos para vocês uma entrevista exclusiva com a autora Patrícia Baikal.

 

(Lorena Moura) O fato de você ser advogada, ajudou na elaboração do livro? Como?

(Patrícia Baikal) Sim, pois na história de “Mariposa” há uma proposta de Emenda Constitucional que visa minimizar a corrupção no Brasil. Trata-se do RECALL, instituto já existente em alguns países como os EUA, pelo qual o povo pode revogar o mandato dos parlamentares corruptos. Foi preciso, portanto, algum conhecimento jurídico para inserir isso no livro.

 

(Lorena Moura) A obra é baseada em algum caso real? Um caso de bastidor do meio político?

(Patrícia Baikal) Não. Foi inspirada na atualidade brasileira como um todo. A “Mariposa” é uma heroína ficcional, assim como o senador Nicolas e os outros personagens.

 

 (Lorena Moura) Como surgiu o interesse de criar um livro com esta temática ?

(Patrícia Baikal) Gosto de escrever sobre a atualidade e usar a ficção para refletir sobre os problemas sociais. Tentei fazer isso no meu primeiro romance,  tratando a política de forma leve, em um enredo que seja gostoso de ler.

 

(Lorena Moura) Você acha que existe esperança para o Brasil, mesmo com tantos casos de corrupção?

(Patrícia Baikal) Certamente. E é sobre isso que o livro trata. Nicolas, o senador que narra a história, é honesto e faz política com ética, ao contrário do seu rival político, Brassel. Há portanto dois polos se enfrentando no livro, representando a corrupção e a esperança.

 

 (Lorena Moura)Qual o seu personagem preferido? Qual o motivo ?

(Patrícia Baikal) Todos os personagens no livro são muito especiais para mim… Mas se tenho que escolher um, fico com a Mariposa por sua importância na história. Ela é enigmática e, por vezes, não é possível saber ao certo de qual lado ela está: contra ou a favor de Nicolas ou se é do partido da situação ou da oposição. O leitor vai descobrindo seus mistérios aos poucos, e apenas no final da trama é que a sua identidade é revelada. Mariposa foi inspirada nos heróis de quadrinhos: é mascarada e enfrenta vilões. Seu nome não foi escolhido à toa. As mariposas preferem voar durante a noite, procuram a luz e são ágeis, como a própria personagem. Mariposa também tem seu lado fantástico e surrealista, aparecendo nos sonhos do Nicolas, de forma perturbadora. Ela me conquistou e desejo que ela conquiste outros leitores também!

Você também vai gostar:

Uma voz vinda de outro lugar
A linha tênue entre o nu e o erótico

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>