Angus- O primeiro Guerreiro

Sem título.png okPor Lorena Moura

Eu gosto bastante de filmes e livros que tenham como pano de fundo a idade média, com todos os seus guerreiros, batalhas, reis, rainhas, magia e muita, mas muita trama. E o livro resenhado de hoje segue essa temática e conta a história de ” Angus- O primeiro guerreiro”.

Para começar, devo situar vocês no espaço de tempo em que a obra é desenrolada. O livro se passa na Bretanha, no ano de 863, quando em uma invasão, homens do norte devastam a Ilha da Bretanha, deixando o lugar um verdadeiro cenário de guerra e é quando surge Angus, que vai participar da sua primeira expedição à Terra dos Anglos do Leste e junto com o seu pai, Seawulf Sangue de Gelo são convocados por  Ivar Sem-Ossos para se juntarem ao exército viking para vingar a morte do pai de Ivar, o Ragnar. Será nessa batalha que o jovem Angus irá matar o seu primeiro homem e também sofrer um baque terrível, ele irá perder o seu melhor amigo durante a batalha.

No meio dessa confusão toda, os vikings protegidos de Ivar acabam matando um dos amigos do pai de Angus, que jura vingança, mas é claro que a traição não vai parar por aí… Ivar vai trair Seawulf, e Angus terá que fugir sozinho para o meio da floresta em busca da sobrevivência. Vale lembrar que ele ficou ferido durante a batalha.

No meio da perigosa floresta ele será ajudado por Nennius, um monge que irá ensinar ao jovem guerreiro, as sete virtudes e a fé. Depois de passar um longo período recebendo esses ensinamentos, Angus sairá em busca de vingança pela morte do seu pai. Além disso, sua meta também é deter Ivar e por fim a sua onda de destruição.

Eu particularmente gostei da leitura, que tem uma linha muito bem construída, com sequências bem amarradas e cenas muito bem descritas. Cenas essas que levam o leitor a gostar de todo o universo construído por lá. É claro que alguns eventos são bem longos, mas nada que atrapalhe o leitor apaixonado por este universo. Queria destacar também a linda edição e diagramação feita pela Editora Novo Conceito. O livro é composto por ilustrações incríveis que só contribuem para o desenvolvimento da leitura. Elas dão uma certa realidade a história desenvolvida pelo autor brasileiro, Orlando Paes Filho. Indicado! Boa leitura!

 

Lorena Moura-Jornalista

lorenamoura87@gmail.com

Você também vai gostar:

Os escritos de Napoleão
Seja quem você é

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>