A série Outlander

Outlander1_CapaWEB.jpg reduzPor Lorena Moura

Descobri uma nova paixão, a série Outlander! Não sei se vocês conhecem as histórias da autora Diana Gabaldon, que criou um mundo paralelo que vem conquistando milhares de fãs ao redor do mundo. Eu conheci apenas recentemente pela série da TV e já fui em busca dos livros. E para começar, irei resenhar sobre a primeira obra, “Outlander – A viajante do Tempo”.

Tudo começa em 1945 quando no final da Segunda Guerra Mundial, a enfermeira Claire Randall reencontra seu marido Frank após o período em que dedicou sua vida a socorrer pessoas na guerra. Quando voltam a se encontrar eles saem em uma segunda lua de mel em Inverness, na Escócia. Lá, ela conhecerá um antigo e misterioso círculo de pedras, onde testemunhará rituais. Dias depois,  ao voltar ao local e  tocar  na principal pedra, Claire irá acordar em 1743, em uma Escócia dominada por clãs guerreiros. Sim, é isso mesmo 1743. Parece meio louco não é? Mas que história não tem um pouco de loucura…

Sozinha em uma terra desconhecida e em um século diferente, Claire terá que se adaptar a esse novo tempo. Afinal, as tradições de 1743 são outras, totalmente diferentes da que conhecemos hoje. Por lá, a mulher deve ser submissa ao homem, não tendo voz em nada. Mas claro (ainda bem), que Claire irá nos representar da melhor forma e aos poucos irá mudar as ideias ultrapassadas que as pessoas tinham.

No meio desse novo caminho, ela conhecerá Jamie Fraser, um jovem guerreiro que irá colocar em risco muitos pontos da vida de Claire, como a sua fidelidade ao marido, que está 200 anos à sua frente. Eu já tenho o meu favorito nessa questão. E caso vocês venham a ler a série, me contem também.

Sobre os personagens, gosto de todos. É claro que uns menos e outros mais. Admiro a força e garra de Claire, essa personagem é uma sobrevivente, que luta pelos seus ideais e que está sempre a postos para ajudar quem precise. E o que falar de Jamie? Ele é o típico cara incrível que coloca a pessoa que ama em primeiro lugar. Outro ponto positivo ao seu favor é que ele é íntegro e cheio de virtudes, coisa rara hoje em dia. Temos ainda Frank, uma pessoa adorável que no tempo atual é o marido de Claire e em 1743 é o capitão Black Randall, que atormenta e persegue Claire e Jamie. Eu estou completamente apegada a essa série. É muito boa, gente! É uma aventura atrás da outra, com direito a brigas, espadas, amores, tradições e paixões capazes de mudar a história. Super indicado! Boa leitura!

Lorena Moura- Jornalista

lorenamoura87@gmail.com

Você também vai gostar:

Para todas as mulheres do mundo
50 anos levando coelhadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>