A realidade da humanidade

downloadPor Lorena Moura

Esse é o quinto romance da autora Candance Bushnell,  famosa no mundo todo por um dos seus primeiros sucessos,  Sex and  the City que virou depois uma série para a TV americana e tornou a atriz Sarah Jessica Parker conhecida no mundo todo. E em todos os livros de Candance, o foco principal são as mulheres e aqui em “ Quinta Avenida, Número 1” , a obra vem de uma forma diferente, além de contar a história de vida dessas mulheres, o personagem principal é o prédio Número 1, da Quinta Avenida, onde toda a história é desenvolvida e que testemunha tudo o que acontece no coração corrompido de Nova York. Na obra é abordada a história de 5 mulheres que tem como ponto comum o fato de morarem em um dos lugares mais famosos e cobiçados de Nova York. O prédio é testemunha viva da busca pelo estrelato, da procura obsessiva do sucesso, todas as tramas e artimanhas que as pessoas podem ser capazes de fazer para alcançarem a fama,  notoriedade e casamentos cheios de interesse.

As nossas personagens principais são : Lola Fabrikant, uma garota que sonha em ter fama e que fará de tudo para conseguir chegar ao estrelato, mesmo que seja pelo caminho esquisito de usar as pessoas; Enid Merle, de 82 anos, uma ex-colunista de sucesso,que viveu numa época mais gloriosa da cidade e tia do diretor Philip Oakland; Shiffer Diamond, uma atriz que pretende se reinventar e voltar ao cinema. Ela  já viveu uma grande romance com Philiip;  Temos também Mindy Gooch, uma editora frustrada, que vive de aparência e vai levando a vida de forma amarga e triste junto com seu marido e filho. E por fim, Annalisa Rice, que se mudou recentemente para a cobertura do número 1, e que vive um casamento estranho, onde o  dinheiro parece ser o carro-chefe para o sucesso esperado em NovaYork.

Esse é o tipo de livro empolgante, que mesmo sendo longo(são 560 páginas), não é nenhum pouco cansativo. Talvez pela boa forma como é conduzido pela autora Candace pelo fato de ela ir sempre alternando as histórias das cinco personagens. E isso nos proporciona sempre novas descobertas e só assim para irmos entendendo o interior de cada mulher do prédio mais famoso de Nova York. Porque cada uma tem uma personalidade diferente, e todas dividem o mesmo teto, que é o do Número 1. E esse prédio, é defendido  a unhas e dentes pela maioria dos moradores que fazem de tudo para conservar o seu formato antigo e histórico. E muitas vezes essa atitude vai ser responsável por várias brigas entre moradores. Porque nem sempre existe o entendimento comum entre as pessoas sobre algum tema.

Por mais que seja uma obra de ficção, eu sempre tento comparar com a realidade e o que me deixa mais triste é que cabe totalmente dentro da atualidade que vivemos hoje. Em um mundo onde o ter é mais importante que o ser, onde as pessoas são mesquinhas e vivem por interesse e de aparência.  No livro a autora faz um paralelo sobre como o mundo de fama e sucesso modifica as pessoas, como para elas isso se torna o fato principal de uma vida. A notoriedade é disputada a tapas e almas.   E por mais que seja uma obra literária, ela se encaixa perfeitamente, em qualquer lugar do mundo, em qualquer época. E isso é triste e estranho. Porque as pessoas vão perdendo um pouco da humanidade e da dignidade que ainda possa existir dentro delas. Boa leitura!

Lorena Moura-Jornalista

lorenamoura87@gmail.com

Você também vai gostar:

O melhor de Nicholas Sparks
Os livros podem assustar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>